quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Paixão e amor


Quando me perguntam se eu estou apaixonada, gosto de responder que sim.Sim, estou apaixonada.Aí logo em seguinda vem um : por quem.Apaixonar-se pra mim é fácil, vc se apaixonar por alguém, por momentos ou até mesmo por coisas, por algo, é tão possível.É simples se apaixonar, porque paixão é êfemera, é rápida, é avassaloda, é apressada, não aceita fiado.Ela quer o agora, a inconsequência, a emoção, a vivência.Já, quando me perguntam se eu amo alguém, eu prefiro dar uma pausa,fazer questão de perceber minha respiração,pensar por alguns segundos e dizer : não.Não que seja muito sincera minha resposta, mas falar de amor já é tão mais delicado.O amor e a paixão apesar de andarem juntos não tem muita paciência um com outro.O amor tem necessidade de construção, de tempo, de conhecer, de se envolver também, mas de se envolver profundamente, d um jeito que depois que está envolvido, acabou, é pra sempre; é acho que esse tal de amor é pra sempre mesmo.O amor aceita coisas que a paixão nem sequer pensa,até porque sinceramente, a paixão não pensa.O amor aceita a ausência, é, nisso eu tenho que confessar,o amor é muito competente, independente de onde a pessoa amada estiver, o amor não importa, ele existe e permanece lá, dentro de quem ama.A paixão não combina muito com liberdade, sabedoria e compreensão."Você não atendeu o telefone?Como assim, eu te liguei 5 vezes e nada onde vc tava?2 minutos depois eles estão se beijando(a paixao é mais ou menos assim)O amor já é diferente, ele tenta compreender, ele aceita e muitas vezes ele até perdoa.E eu digo, quem ama realmente perdoa, alguns vao dizer que é burrice, eu digo : é amor(mas só quando for amor mesmo).E além de tudo, o amor é capaz de deixar livre o "objeto amado", é a tal da frase" se voltar é porque conquistei, se não é porque nunca tive".Peço pra não me perguntarem qual dos dois eu escolho, já me perguntaram uma vez : "se fosse pra escolher, apaixonar-se ou amar?"Sinceramente, a paixão eu até desculpo, mas o amor eu não perdoo.Porque a paixao acaba, principalmente quando você quer que acabe, ela passa...E você saber que cedo ou tarde ela passa.O amor não, ele é imprevisível, porque você não sabe se ele vai passar e quando você jura que ele acabou, de repente ele revive e te machuca como nenhum qualquer outro sentimento consegue.Sofrer de amor é indescritível, é implausível, é uma dor que vai atingindo pouco a pouco, sem fim ou com um fim que você não sabe quando vai chegar.Sofrer de amor é ilimitado.Já de paixão não, a paixão é substituível, e quando você sofre de paixão, a dor é intensa, mas acaba logo.Mas se for pra pedir uma dica, eu aconselho você a amar.Mesmo que há todo esse risco, amar é divino.É pra poucos, porque não é qualquer um que consegue.Amar é amadurecer, é viver, talvez enlouquecer, mas enlouquecer com uma sabedoria que a paixão jamais vai entender.Amar é acreditar num eterno e quem nessa vida que se envolve que não quer acreditar num eterno.Não vem esse papo de que "nao acredito nos felizes para sempre ", amar é ter expectativas.E se você conseguir juntar os dois, até porque como tudo q é oposto, a paixão e o amor se complementam, junte-os e seja a pessoa mais feliz desse mundo....

Bárbara Cristina

3 comentários:

Nana :) disse...

Pra mim até agora esse foi um dos textos que eu mais gostei Girl! Sinceramente, curti mto :)
"amar é ter expectativas" - realmente, qndo se ama,as expectativas, principalmente de coisas boas, sao mto grandes e faz bem, nada que se sonhe faz mal, desde que seja na medida certa né!!
Entao é isso Girl!! Otimo texto!! Cada dia mais inspirada heeim!!! Te amoo

Juηiøя disse...

muito lindo o texto

visite http://adolescente-antenado.blogspot.com/

la tem um post sobre paixão e amor tambem

xau bjs

mariana g. disse...

Acho que é o que mais gosto também, você escreve muito bem prima, continue assim (: