quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Pen drive e perdas


O tempo realmente ensina tudo, ou, quase tudo.Sempre gostei de guardar coisas, tudo que tem um significado pra mim, eu guardava.Fotos, cartas, revistas, livros, mensagens, figuras, poemas, conversas e por ai vai.Um dia, eu perdi meu pen drive, lá estava minha melhor e pior intimidade.Nele, eu tinha guardado conversas que eu relia pra lembrar e relembrar de momentos, seja com amigos ou com amores.Nele, havia meus poemas, minhas palavras de desespero, de ingênua ou de apaixonada.Nele, havia fotos, de alguns momentos que estão mais que gravados na minha memória.Havia cartas, cartas que eu nem sequer tive a coragem de entregar.Havia projetos, sejam profissionais ou pessoais, eram simplesmente projetos.Haviam sonhos, haviam fantasias...Quando eu perdi tudo isso, achei que tinha perdido uma parte de mim, até que eu descobri que eu realmente havia perdido uma parte do meu eu, mas era uma parte que já não estava mais servindo pra mim, era uma parte que sofreu e que viveu, mas que tinha que sair dali para que outra se reconstituísse.Semana passada, eu perdi outro pen drive, que também estavam todas outras coisas que eu citei.Mas nesse, não tinham sonhos, eles foram substituídos por objetivos.A sensação de perda,dessa vez foi diferente, foi como se eu tivesse aprendido a perder, e você só aprende a perder, quando vc perde algo muito importante e mesmo assim, consegue seguir em frente.Nenhuma perda é boa e também nenhuma é desnecessária.Não preciso ter tudo gravado em arquivos e pastas, cada momento, cada palavra , cada vida esta internalizada em cada um, os arquivos e pastas só vão servir pra reafirmar algo ou então para reviver alguma coisa que não tem que ser revivida.Se passou e não volta, deixa lá, no lugar onde ficou.Aprenda a perder e esteja sempre preparado pro que vier em seguida.Afinal, se tiram alguma coisa ou alguém de você, é porque tem algo melhor que está sendo preparado pra chegar...

Bárbara Cristina

6 comentários:

Gabriele Santos disse...

muitos pen drives perdidos...tenso; rsrs
Quando perdemos algo seja lá o que for, não é fácil conviver com a dor da perda. MAs precisamos aprender que coisas melhores estão reservadas e precisamos seguir em frente para poder desfrutá-las.
Parabéns pelo texto você escreveu muito.

Fut Do Dih disse...

pra quem gosta é otimo blog, parabéns

Raphael Ferreira Serra disse...

odeio cometários sem ler ao menos o texto comoo do fut do dih.
Bom realmente quando a gente perde alguma coisa é para dar espaço para outra ainda melhor.
estou seguindo seu blog
será que poderia seguir o meu
www.raphael-serra.blogspot.com

Anônimo disse...

Giiiiiiiiiiiiirl, seu pen drive =x eu ainda acho ele! hasuhhsauhusa
brincadeira!!! E eu nao acredito que vc perdeu OUTRO o.O vo amarrar seus pen-drives numa cordinha e colocar no seu pescoço =x uhsahuashusauhsa
mas falando serio agora. Mtas vezes a gente perde coisas que parecem ser insubstituiveis, mas nada e nem ngm é insubstituivel. A gente soh gosta de pensar que é, pq faz bem pro coraçao e pra cabeça. Mas qndo se perde, o jeito é erguer a cabeça e começar algo novo. Afinal, tudo que é novo é bom e cheio de surpresas.
Otimo texto Girlzinha =) e vê se nao perde mais pen drive heim! sauhhuashusahusahuas
Tee amo capeta
Beijos
;*

Nana :) disse...

PS: saiu sem assinatura comentario, mas vc sabe de quem é ne!!! sauhahsusahuahus
by Nana

Anônimo disse...

Perdi meu pendrive com projetos de arquitetura e maquete in
erativa de clientes pendrive 16 gb Kingston